Tag Archives: Casa Cor Ceará

Casa Moda Sebrae: imagens reunidas em livro

16 nov

Mark Greiner


Lindebergue Fernandes


Só uma amostrinha do livro-catálogo Casa Moda Sebrae, que será lançado hoje, para convidados, na Casa Cor Ceará. Acompanhada de um DVD, a publicação apresenta imagens que representam o trabalho de profissionais como Mark Greiner, Ruth Aragão e Cláudio Quinderé, entre outros que expuseram suas peças no espaço. Numa simbiose entre arquitetura, moda e design, o espaço Casa Moda Sebrae é uma criação da arquiteta Andréa Dellamonica. O livro foi coordenado por Ana Naddaf, Gustavo Almeida-Santos e Mark Greiner. As fotos são de Caio Ferreira.

Estilistas e designers participantes: Alysson Aragão, Ana Vilela, Anastácio Jr., Anderson Cleyton, Ayres Jr., Cândida Lopes, J. Cabral, Carlos Capucho, Catarina Mina (Joana de Paula e Celina Hissa), Cláudio Quinderé, Fabiana Maurício, Francisco Matias, Iury Costa, João Sobarr, Kalil Nepomuceno, Lindebergue Fernandes, Mar Del Castro (André e Rafa Castro), Marco D`Julio, Mark Greiner, Melca Janebro, Ruth Aragão, Sei Barros e Sérgio Gurgel.

Anúncios

Moda Cor Ceará de olho no novo consumidor

11 nov

A partir de 2011, a tradicional Casa Cor Ceará contará com uma plataforma de moda, a Moda Cor Ceará, com foco no empreendedorismo. Com o selo Fresh Brands, fica bem clara a proposta de investir em marcas capazes de entender o mercado global e as necessidades desse novo consumidor, imerso nas redes sociais e interessado por sustentabilidade, por exemplo.

Além dos desfiles em passarela de 30 metros, haverá mesas redondas e debates para discutir a moda em suas diversas vertentes (arte, cultura, negócios). Alguns nomes estão sendo sondados e são tidos como certos pela organização do evento. A intenção é trazer Jackson Araújo, Lula Rodrigues e Carol Garcia. Se der tudo certo, promete, né?

A idealização e produção do evento conta com o know-how de Iorrana Aguiar (ex-Santana Textiles, Dragão Pensando Moda e Decode Office) e Cláudio Silveira (Dragão Fashion, Iguatemi Mix).

No lançamento da Moda Cor Ceará, ontem, as atenções se voltaram para a palestra de Ângela Hirata, responsável pelo case de sucesso das sandálias Havaianas, que passou de sandália popular à moda pop, calçando pezinhos como os de Gisele Bundchen e Madonna. Ela contou as dificuldades que encontrou quando assumiu o departamento de comércio exterior da Alpagartas: vendas baixas, equipe desmotivada, poucas verbas e o descrédito dos seus próprios chefes.

Em vez de investir em marcas como a Topper (que também faz parte do grupo), que fabrica chuteiras e teria que competir com gigantes como Nike e Adidas, Ângela deu o pulo do gato com um produto praticamente sem concorrência e com cara de Brasil: chinelos coloridos de borracha. Deu um up de auto-estima na equipe, mexeu na identidade visual do produto e com ações precisas junto a celebridades e lojas de referência, como a Galeries Lafayette, conseguiu mídia espontânea e emplacar as Havaianas praticamente no mundo todo.

A idéia estava em seu próprio corpo: Ângela usava um vestido de renda filé comprado no Ceará. Colorido, com informações de moda, étnico sem ser folclórico e a nossa cara. Você não vai encontrar um desses em qualquer lugar por aí.

Para encerrar, nada como um bom exemplo. Mark Greiner apresentou um pocket-desfile com suas noivas dramáticas e teatrais.

(foto de celular, relevem a qualidade)