Grey Gardens

19 abr

Meio mundo do povo da móóóda comentando o telefilme Grey Gardens, que estreou ontem na HBO americana. Confesso minha ignorância. Pra mim, era só o nome de uma música do Rufus Wainwright do álbum Poses (2001) _ procure ouvir, vale a pena. Do filme só sabia que era protagonizado pela Drew Barrymore e que ela tinha aparecido na pré-estréia linda assim, toda anos 20.

drew

Então fui atrás de saber o porquê do frisson. E dá-lhe Google. É a adaptação de um documentário realizado em 1975 com duas mulheres: Edith “Little Edie” Bouvier Beale e sua mãe. Bouvier, isso mesmo, como Jackie. Eram primas da primeira-dama americana, mas isso não é o mais importante. Elas ganharam enorme repercussão na mídia por outro motivo.

Grey Gardens era o espaçoso solar em ruínas onde as duas viviam em Long Island, após o pai abandonar a família nos primeiros dias da Grande Depressão. Foi quando elas, nascidas na alta sociedade americana, perderam tudo. O documentário e o telefilme da HBO mostram como elas usaram o improviso e a criatividade para tentarem se manter belas, estilosas e bem vestidas mesmo na decadência.

Taí o trailer oficial:

Drew Barrymore interpreta “Little Edie” da juventude até se tornar uma senhora. Pela história e pelo trailer, já dá para perceber que vem aí um show de figurino.

* Pós-post: O trailer do documentário original e uma bolsa que Marc Jacobs fez em homenagem ao filme.

greygardens-marcjacobs

** Sim, sei que tô devendo resuminho do Dragão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: